Sistema de Proteção Individual Contra Queda

SPIQ – Sistema de Proteção Individual Contra Queda

Busca:

Fomentar o reconhecimento ao SPIQ;
O EPI sozinho não traz segurança efetiva.

Entendendo melhor:

  • O SPIQ já é reconhecido pela NR35 e pela NR18 – é preciso entender e atender o todo;
  • O EPI pela NR6 não gera segurança efetiva sem ser colocado dentro do SPIQ.

 

Glossário da NR-18 (2020)
SPIQ: Sistema de Proteção Individual contra Quedas, constituído de
sistema de ancoragem, elemento de ligação e EPI, em consonância com a NR-35.

NR6 evoluindo

  • Nova portaria nº 11437 (maio de 2020) flexibiliza conjunto formado por diferentes fabricantes – vamos acompanhar as movimentações;
  • Conjunto da NR6 é apenas comercial e não é segurança na pratica – a segurança esta no SPIQ (ver NR35 – 5.11 f);

NR35 trouxe o SPIQ e seu entendimento em 2016

35.5.11 A ANÁLISE DE RISCO PREVISTA NESTA NORMA DEVE CONSIDERAR PARA O SPIQ MINIMAMENTE OS SEGUINTES ASPECTOS:
f) compatibilidade entre os elementos do SPIQ

 

Dispositivo de ancoragem fazem parte do SPIQ

  • Precisamos entender melhor a função do dispositivo de ancoragem dentro do SPIQ para validar nossa análise de risco;
  • Sim precisamos de certificação para o dispositivo de ancoragem – os outros produtos do SPIQ já tem!

A NR-35 já pede que todos os produtos do SPIQ sejam certificados
35.5.5.1 OS EPI DEVEM SER:
a) certificados;
Selecionar os EPI mais adequados para compor o SPIQ, levando em conta as tarefas a serem desempenhadas.

NOTA da segunda edição do manual de auxilio a NR-35
A NBR 16.489 é uma norma de suma importância e complementar à NR35 quanto às recomendações referentes à seleção e uso de SPIQ e seus componentes, tratando de temas como: análise de risco (…)

ABNT NBR 16489 – você conhece esta Norma?

Anexo II NR-35
Onde o sistema de ancoragem pode apresentar seu ponto de ancoragem?
2.1 :
a) diretamente na estrutura;
b) na ancoragem estrutural;
c) no dispositivo de ancoragem.*
* O produto nem sempre esta presente em um SPIQ

Manual de auxílio a interpretação da NR-35 Anexo II
O sistema de ancoragem é um subsistema fundamental de um SPIQ. De nada adianta o EPI contra quedas se não estiver conectado a uma ancoragem, ou se essa ancoragem não resistir aos esforços a que estiver sujeita.

A NR-35 já pede que todos os dispositivos do SPIQ sejam certificados
Anexo II NR-35
2.3 O DISPOSITIVO DE ANCORAGEM DEVE ATENDER A UM DOS SEGUINTES REQUISITOS:
a) ser certificado;

Já temos o requisito – mas não vale nada – ainda dependemos de um laboratório para realização dos testes no Brasil.

c) Direito legal do PLH
Anexo II NR-35

2.3 O DISPOSITIVO DE ANCORAGEM DEVE ATENDER A UM DOS SEGUINTES REQUISITOS:

b) ser fabricado em conformidade com as normas técnicas nacionais vigentes sob responsabilidade do PLH;
(“la garantia soy yo” – equivalente a termo de responsabilidade – é preciso acabar esta situação)

c) ser projetado por PLH, tendo como referência as normas técnicas nacionais vigentes, como parte integrante de um SPIQ.

O que diz a norma setorial NR-18:
18.12.12.2.1
Os ensaios para comprovação da carga mínima do dispositivo de ancoragem devem atender ao disposto nas normas técnicas nacionais vigentes ou, na sua ausência, às determinações do fabricante.

Homem gancho
Muito do SPIQ ainda tem uma limitação grande na interpretação.
A ancoragem fica aleatória!

POAnco
Você pode contar com a Conquista e o POAnco para entender mais do SPIQ e atender ao Anexo II da NR-35 sem engessar ou onerar o que acontece hoje na sua empresa.

A Conquista fica a disposição para auxiliar com mais do que produto, queremos atender com solução.
Para isto contamos com parceiros em sua região – especialistas em SPIQ – distribuidores de serviço.

Entre em contato para saber mais sobre altura

One Comment

Leave a Reply

WhatsApp chat